Sociedade de Educação e Recreio«Os Unidos de Leceia»

As origens da Sociedade de Educação e Recreio “Os Unidos de Leceia” (SERUL) remontam ao início dos anos 40 do século passado, quando um grupo de jovens de Leceia começou a reunir-se na sacristia da capela de Nossa Senhora da Piedade.

Depressa encontraram um local mais apropriado para realizarem as atividades a que se propunham, o ainda hoje recordado “salão da caganita”, assim chamado por se situar paredes meias com um curral de cabras, às quais era permitido assistir às atividades culturais e recreativas, através das frinchas existentes na separação entre os dois locais.

Foi ali que se representaram as primeiras peças de teatro amador, com atores da terra, se realizaram os primeiros bailes, “abrilhantados” por uma orquestra com músicos também da terra e se ensaiaram “cegadas” e “danças” que, no Carnaval e na Páscoa, eram exibidas nas localidades vizinhas, frequentemente na rua.

O espírito de solidariedade e de entreajuda que então se vivia nas pequenas localidades como Leceia, foi responsável pela mobilização coletiva para a construção de um edifício sede, acompanhada da constituição formal da SERUL como coletividade de cultura e recreio, em 27 de Abril de 1949.

As novas instalações da SERUL, um natural orgulho da população de Leceia, incentivaram uma maior regularidade nas atividades que decorriam dos objetivos estatutários da coletividade, como eram as “matinés e soirés dançantes”, as apresentações de teatro clássico e de teatro de revista e a realização de “cegadas” e “danças”.

Muitas vezes havia também sessões de cinema, promovidas por exibidores ambulantes, que traziam o ecrã, a máquina de projetar, o filme, o carro com o sistema sonoro para anunciar a realização do evento pela localidade, os cartazes de divulgação e os apetrechos necessários para reparar a fita do filme que, invariavelmente, partia mais de uma dúzia de vezes durante a exibição.

Para além disso, durante os primórdios da televisão, quando ter uma TV em casa era um luxo para as gentes de Leceia, era no salão da SERUL que muitas pessoas se juntavam à noite para assistir às transmissões.

No campo da música de baile, a SERUL teve durante muito tempo a sua própria formação, devidamente adaptada às exigências da moda, no que tocava aos instrumentos utilizados. Ainda no “salão da caganita”, foi formado um grupo onde predominavam instrumentos acústicos de corda, como guitarras e banjos. Já na nova sede, foi constituída uma orquestra à base de instrumentos de sopro e, no final dos anos sessenta, foi formado um “conjunto” com instrumentos elétricos.

Foi só a partir de meados da década de 70 que a SERUL começou a incorporar a componente desportiva nas suas atividades, muito por força do incentivo promovido pela Junta de Freguesia de Barcarena, que teve a vontade e a capacidade para mobilizar as coletividades da freguesia para organizar e participar em atividades desportivas comuns, que ficaram conhecidas como “Jogos Juvenis de Barcarena”.

É também por esta altura que se dá uma nova mobilização dos sócios da SERUL para os trabalhos de reconstrução e ampliação do edifício sede. No local do antigo edifício foi construído um pequeno pavilhão polivalente e, ao lado, foi construído um novo edifício, que acomodou os balneários de apoio ao pavilhão e o bar da coletividade no rés-do-chão e, no primeiro andar, o gabinete da direção, sala de jogos e outros espaços para apoio às diversas atividades.

O impulso da Junta de Freguesia, em meados dos anos 70, para incentivar a prática desportiva, veio a ser determinante para o caminho percorrido pela SERUL no Futsal. De facto, os principais obreiros do desenvolvimento desta atividade eram, nessa altura, crianças, jovens ou adultos participantes e/ou organizadores dos “Jogos Juvenis”.

Mercê do empenhamento de todos eles, a SERUL é hoje uma entidade reconhecida no panorama do Futsal onde, na época de 2012/2013 conquistou a Taça e a Supertaça da Associação de Futebol de Lisboa, troféus únicos em coletividades e clubes do Concelho de Oeiras, tendo disputado o Campeonato da 3ª Divisão Nacional na época de 2013/2014.

Finalmente, importa registar que, ao longo da sua história, a SERUL, a par da Igreja e da Escola, tem assumido um papel de relevo como agente de integração social, numa comunidade que, nos últimos 35 anos do século passado, foi três vezes assolada por alterações demográficas bruscas e intensas.

—————————————————————————————

INSTITUIÇÃO DE UTILIDADE PÚBLICA

MEDALHA DE COBRE 3 ESTRELAS DA ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE BARCARENA

SÓCIO HONORÁRIO DO CLUBE ATLÉTICO DE QUELUZ

Largo José Pereira, Leceia 2730-108 Barcarena Telefone:214214040

Email: serul_leceia@sapo.pt

serul